Follow by Email

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Temos Fé, mas Muitas Vezes Temos Medo.

Às vezes a gente ouve uma mensagem que fala muito conosco e queremos compartilhar com o outro porque achamos que irá falar também.

Apesar de nem sempre ser assim, porque cada um de nós está num contexto diferente um do outro, acho que vale a pena ouvir esta mensagem do Ariovaldo Ramos. Aliás, como eu gosto das mensagens dele. São sempre, claras, mas profundas.

um abraço,

Fabiana


http://ibab.com.br/mensagens/mensagem/abraao

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

O Quarto Sábio!

Ontem, junto com um grupo de pessoas, assisti a um filme muito bacana, sobre a essência do Evangelho, do Cristianismo.

Se chama " O Quarto Sábio".
Sugiro como indicação de um filme que nos leva, como disse uma das pessoas que o assistiu: " a várias reflexões e cada vez que o assisto, dependendo do momento em que me encontro, me fala algo novo, me traz uma nova visão."

Em tempos de grandes falácias no meio Cristão, é sempre bom trazermos à nossa memória o que é relevante para o Reino e qual o caminho que Jesus veio nos ensinar a seguir.




Abraços,

Fabiana



quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Deus Existe, Fala e Ainda Espera que o Busquemos.

Vc passa dias orando pra Deus falar com vc. Vc até sugere como queria ouví-lo pra saber que é Ele falando, mas nada..até que um dia vc se levanta, sai do seu quarto pra sala e vê que alguém deixou um CD debaixo de sua porta, escrito na CAPA: Pertence a Fabiana Dumont. E um outro bilhetinho dentro..Quem mandou? coloca pra ouvir e é uma mensagem gravada acho que de um culto. E lá muitas das perguntas feitas na sua oração são respondidas.

"Pois eu bem sei os planos que estou projetando para vós, diz o Senhor; planos de paz, e não de mal, para vos dar um futuro e uma esperança.Então me invocareis, e ireis e orareis a mim, e eu vos ouvirei.
Buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes de todo o vosso coração." Jermias 29 11,13.
Certas coisas na vida não tem preço. Relacionamento com Deus é uma delas. Não sei como alguém pode viver sem Ele. 

Fabiana

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Nem Tudo Deve ser Ajustado com o Tempo


A Entrevista de Marília Gabriela com o Pastor Silas Malafalais tem pipocado nas redes sociais e um trecho que me chamou atenção foi quando a Gabi questiona que desde Cristo o conceito de família não foi revisto.
Eu tenho muita dificuldade em entender porque as pessoas, principalmente as que não creem na Bíblia e seus valores, sentem a necessidade de mudar, revisar o que Ela tem como princípios para os que creem.
O que tanto incomoda? A Bíblia é a revelação de Deus a seu povo. Nela, os que creem encontram direção, ensino e seguí-los é uma questão de fé. Se alguém não cre ou não quer crer, paciência. Não siga. Só não entendo porque ela deveria ser atualizada com o contexto dos dias atuais em que vivemos.

Pra que? Sinceramente queria saber.

Imagina as regras da New Bible, revista e atualizada para estar em concordância com o que vemos, por exemplo no BBB13?
Algo do tipo: Cada homem e mulher é livre para se unirem a outro,por um breve período de tempo, sem qualquer estabelecimento de compromisso, sem nenhum vínculo emocional, sem nenhuma responsabilidade por seus atos para com o outro, ficando livres inclusive para estabelecer triângulos amorosos e praticarem relações sexuais em frente à câmeras, influenciando adolescentes a adotarem à mesma prática, pois o que vale é ser feliz hoje.

Para família:
Entende-se por família qualquer ajuntamento de pessoas, por um perído qualquer de tempo, no qual os pais não devem impor limites aos seus filhos, colocando em risco sua capacidade de desenvolvimento.

E sobre o aborto:
A mulher é livre para se relacionar com qualquer homem que possa lhe interessar, ficando ambos livres de qualquer compromisso e responsabilidade para com o outro. Caso ocorra uma gravidez indesejada, que possa lhe atrapalhar os estudos ou a carreira profissional lhe está assegurado o direito de abortar, pois lhe é garantido o direito total sobre seu corpo, seus ideiais e sua liberdade.

Não vejo que Deus impôs limites ao ser humano por seu autoritário.
Não impôs limites para mostrar "quem manda" .  Deus sabe quem somos.

Basta vermos quando temos liberdade o que fazemos conosco e com aqueles que estão ao nosso redor.

. Milhares de adolescentes grávidas todos os dias, sem apoio do parceiro, sem apoio da família, tendo que se virar e ser mãe à força;
. Milhares de pessoas morrendo de doenças sexualmente transmissíveis;
. Famílias sendo desfeitas por traições, falta de amor, de respeito por seus membros;
. Corrupção praticada por aqueles que detem o conhecimento e poder sobre outros menos favorecidos;
.Outros milhares viciados em drogas, com suas vidas e de suas famílias completamente destruídas pelo vícios;
. Perda da capacidade de sentir-se responsável pelo outro, pelo sentimento do outro;

A lista caberia muitos mais itens.
Sobre qualquer um desses assuntos encontramos orientação na Bíblia. Deus as deu porque queria e quer evitar esta lista dos horrores. Porque isso dói, fere, machuca. Mas porque a gente não segue?

Porque a gente acha que dá conta de ser dono do próprio nariz? Aguenta o tranco? Pura ilusão.
A gente cai, quebra a cara e dói.

Depois do tombo alguns se lembram de Deus e de sua Palavra e começam a entender que tudo Ele disse por amor e nos ajudar a caminhar dia após dia, de forma menos dolorosa.Aprendemos que ser completamente livre pra fazer o que queremos, achando que aguentamos qualquer consequência  sem dor, não é uma verdade.

Outros levam mais tempo...precisam de mais um ou dois tombos, mas um dia chegam à mesma conclusão.
Mas tem aqueles de nós que nunca aprendem. O coração é duro que nem pedra. Porque? Não sei. Não sei porque parece que alguns de nós não aprendem nunca. Sentir que estamos no controle é algo não necessário, ainda que muitas vezes ilusório?

Porque não confiamos mais em Deus? Porque às vezes parece que o que Ele diz não visa o bem de cada um?
A vida não seria mais fácil se simplesmente cressemos?

Que Deus tenha compaixão de nós e se mais uma queda for inevitável a gente se levante diferente dessa vez. Não pensando que Deus precisa reescrever sua Palavra e orientação pra se adequar aos dias atuais. É uma grande tolice pensar isso.  Mas que a gente finalmente possa enchergar que a Bpiblia foi escrita pra nos dar a direção do melhor caminho a seguir. Que Deus é um pai que ama. E um pai repreende e disciplina a todo filho que ama.

Fabiana

Quanto mais...melhor!

Uma das campanhas que achei mais criativas em 2012.

Agora com os nomes das cidades.

Eu nem gosto de Coca Cola, mas às vezes bebo só por conta da lata.

Quem criou foi genial!


Dizem Por Ai...

Anda circulando pelo Face e não sei o autor. Sim, parece que falar sobre o BBB já cansou, mas a verdade, é que a gente também não aguenta ver o outro descer pelo ralo e ficar calado.

Se um ouvir, entender, e mudar de direção já valeu a pena.

"Sobre o BBB 13

Que me perdoem os ávidos telespectadores do Big Brother Brasil (BBB), produzido e organizado pela nossa distinta Rede Globo, mas conseguimos chegar ao fundo do poço. A nova edição do BBB é uma síntese do que há de pior na TV brasileira. Chega a ser difícil encontrar as palavras adequadas para qualificar tamanho atentado à nossa modesta inteligência.
Dizem que Roma, um dos maiores impérios que o mundo conheceu, teve seu fim marcado pela depravação dos valores morais do seu povo, principalmente pela banalização do sexo. O BBB é a pura e suprema banalização do sexo.
Impossível assistir ver este programa ao lado dos filhos. Gays, lésbicas, heteros… todos na mesma casa, a casa dos “heróis”, como são chamados por Pedro Bial. Não tenho nada contra gays, acho que cada um faz da vida o que quer, mas sou contra safadeza ao vivo na TV, seja entre homossexuais ou heterossexuais. O BBB é a realidade em busca do IBOPE.
Veja como Pedro Bial tratou os participantes do BBB. Ele prometeu um “zoológico humano divertido”. Não sei se será divertido, mas parece bem variado na sua mistura de clichês e figuras típicas.
Pergunto-me, por exemplo, como um jornalista, documentarista e escritor como Pedro Bial que, faça-se justiça, cobriu a Queda do Muro de Berlim, se submete a ser apresentador de um programa desse nível. Em um e-mail que recebi há pouco tempo, Bial escreve maravilhosamente bem sobre a perda do humorista Bussunda referindo-se à pena de se morrer tão cedo. Eu gostaria de perguntar se ele não pensa que esse programa é a morte da cultura, de valores e princípios, da moral, da ética e da dignidade.
Outro dia, durante o intervalo de uma programação da Globo, um outro repórter acéfalo do BBB disse que, para ganhar o prêmio de um milhão e meio de reais, um Big Brother tem um caminho árduo pela frente, chamando-os de heróis. Caminho árduo? Heróis? São esses nossos exemplos de heróis? Caminho árduo para mim é aquele percorrido por milhões de brasileiros, profissionais da saúde, professores da rede pública (aliás, todos os professores) , carteiros, lixeiros e tantos outros trabalhadores incansáveis que, diariamente, passam horas exercendo suas funções com dedicação, competência e amor e quase sempre são mal remunerados.
Heróis são milhares de brasileiros que sequer tem um prato de comida por dia e um colchão decente para dormir, e conseguem sobreviver a isso todo dia.
Heróis são crianças e adultos que lutam contra doenças complicadíssimas porque não tiveram chance de ter uma vida mais saudável e digna. Heróis são inúmeras pessoas, entidades sociais e beneficentes, Ongs, voluntários, igrejas e hospitais que se dedicam ao cuidado de carentes, doentes e necessitados (vamos lembrar de nossa eterna heroína Zilda Arns).
Heróis são aqueles que, apesar de ganharem um salário mínimo, pagam suas contas, restando apenas dezesseis reais para alimentação, como mostrado em outra reportagem apresentada meses atrás pela própria Rede Globo.
O Big Brother Brasil não é um programa cultural, nem educativo, não acrescenta informações e conhecimentos intelectuais aos telespectadores, nem aos participantes, e não há qualquer outro estímulo como, por exemplo, o incentivo ao esporte, à música, à criatividade ou ao ensino de conceitos como valor, ética, trabalho e moral. São apenas pessoas que se prestam a comer, beber, tomar sol, fofocar, dormir e agir estupidamente para que, ao final do programa, o “escolhido” receba um milhão e meio de reais. E ai vem algum psicólogo de vanguarda e me diz que o BBB ajuda a “entender o comportamento humano”. Ah, tenha dó!!!
Veja o que está por de tra$$$$$$$$$ $$$$$$$ do BBB: José Neumani da Rádio Jovem Pan, fez um cálculo de que se vinte e nove milhões de pessoas ligarem a cada paredão, com o custo da ligação a trinta centavos, a Rede Globo e a Telefônica arrecadam oito milhões e setecentos mil reais. Eu vou repetir: oito milhões e setecentos mil reais a cada paredão.
Já imaginaram quanto poderia ser feito com essa quantia se fosse dedicada a programas de inclusão social, moradia, alimentação, ensino e saúde de muitos brasileiros? (Poderia ser feito mais de 520 casas populares; ou comprar mais de 5.000 computadores).
Essas palavras não são de revolta ou protesto, mas de vergonha e indignação, por ver tamanha aberração ter milhões de telespectadores. Em vez de assistir ao BBB, que tal ler um livro, um poema de Mário Quintana ou de Neruda ou qualquer outra coisa…, ir ao cinema…., estudar…, ouvir boa música…, cuidar das flores e jardins…, telefonar para um amigo…, visitar os avós…, pescar…, brincar com as crianças…, namorar… ou simplesmente dormir. Assistir ao BBB é ajudar a Globo a ganhar rios de dinheiro e destruir o que ainda resta dos valores sobre os quais foi construída nossa sociedade."