Follow by Email

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Lugar de criança é aonde mesmo?

Fico pensando se somos de uma geração que tem calado, acomodado com o que vê. Ouço tantas vezes: "reclamar pra que? não adianta nada mesmo!"

E assim vamos  nos conformando que a vida é como é, que o mundo caminha de mal a pior mesmo e que não tem jeito, que é cada um por si...

Mas acho que não devemos agir assim.
Há alguns dias eu tenho visto uma garota na Av. Rosa e Silva explorando crianças. Ela tem no máximo 25 anos.
Ela fica sentada na calçada, à sombra, enquanto 3 crianças que tem entre 4 (!) e 8 anos seguram caixinhas e abordam os motoristas pedindo dinheiro.
A primeira vez fiquei indigada com a folga da exploradora. Os garotinhos são tão lindos!

Baixei o vidro e perguntei a ela se não tinha vergonha do que estava fazendo? Que devia arrumar um emprego.
E não me digam que não tem oportunidade porque conheço inúmeras pessoas que estão precisando de diaristas e não acham. E a diária está no mínimo R$ 50,00.

Hoje vi pela terceira vez a exploradora lá. Liguei pra polícia mesmo não sabendo se era o melhor canal, mas aceitaram minha denúncia e me de deram o telefone da GPCA ( específica para crianças e adolescentes) pra eu fazer minha denúncia também.

Pode ser que a polícia não vá ou vá e a mulher simplesmente mude de local, mas se em cada local que ela fosse, alguém a denunciasse ela não teria local para este tipo de exploração. Por isso acredito que vale a pena a denúncia.
Se assistimos calados somos cúmplices, omissos. Me pergunto: Essas crianças poderão contar com quem? O futuro delas será qual? daqui a 10 anos continuarão nas ruas fumando craque, cheirando cola, roubando a mim e a você? Infelizmente é uma possibilidade bem real.

Eu me pergunto também o que mais fazer porque eu não quero me conformar, e não quero achar que aquelas crianças não são problema meu. Só ainda não sei muito o que fazer além de denunciar a exploradora.
Não vamos dar dinheiro e estimular pessoas como esta mulher que vivem às custas de crianças. Isto pode aliviar nossa consciência, o que é um engano, mas não muda a realidade de ninguém.





Abraços,

Fabiana


segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

"Salve! Ó terra dos altos coqueiros! De belezas soberbo estendal!

Ver Recife por um outro ângulo é muito bonito, além de ser um passeio pela História deste povo.

Recomendo quem ainda não o fez que aproveite e se divirta.

O céu foi um espetáculo à parte!

Abraço,

Fabiana










sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Deus não é Personal Stylist

Gente,

Me desculpem mas tem coisa que não dá pra deixar passar.

Vamos nos converter ao evangelho simples de Jesus Cristo. Vamos olhar para os necessitados, os pobres que estão literalmente morrendo de fome, ao povo que está morrendo de sede no sertão, vamos enviar água, comida, vamos levar a Palavra que salva e liberta.

Deus não é Personal Stylist.
Sinceramente não vejo Deus mandando dar R$ 800,00 ( no mínimo) numa bota de Python pra vc fazer nenhuma obra pra ele. Jesus mandava seus discípulos levar nada para irem evangelizar.
Deus está mesmo preocupado em que você invista seu dinheiro numa bota de couro de cobra " cara"?
Eu ainda não conheci este Deus e não sei se é o Deus que eu creio.

Quer uma bota de Python? tem dinheiro pra comprar? Vai lá compra e usa, simples assim.
Mas não use Deus pra justificar seus gastos. Ninguém tem nada com isso. Mas não ridicularize o evangelho de Jeus, que nasceu numa manjedoura, num estábulo e não teve aonde repousar sua cabeça durante todo seu ministério, mas apesar disso não deixou de receber os doentes, curar suas feridas, salvar suas almas.

Alguma similaridade entre o deus da bota de python e o que nasceu num estábulo, que nunca morou em palácios, apesar de ser Rei? Não vejo mesmo.

Nos perdoe Senhor.

Neste Natal a melhor mensagem nestes tempos atuais em que vivemos deveria ser, na minha opinião: Vamos nos converter verdadeiramente ao Senhor, nós, que dizemos que já o conhemos. 

http://www.youtube.com/watch?v=4DkCwu5wP3o

Abraços,

Fabiana

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Quanto vale seu amor?

Ouvi na CBN hoje pela manhã uma notícia que me fez pensar a arte que o chinês tem pra ganhar dinheiro.

Um jardim de infância está cobrando uma taxa "extra" dos pais para que seus filhos recebam um abraço ao chegar e ao deixar a escola.

A direção da escola informa que faz parte do projeto que tem como objetivo fazer com que as crianças se sintam amadas!

O "amor" tem preço e custa R$ 25,00 por mês.

Eu não sei detalhes do projeto mas é curioso uma forma de precificar o amor. " Me pague R$ 25,00 que demonstrarei a seu filho o que é ser amado".

Eu nunca me sentiria amada dessa forma.

O preço que muitas vezes se paga pelo amor é a renúncia, é a quebra do orgulho, é a espera, é o apoio, o suporte....mas dinheiro?

Definitivamente eu não me espanto com mais nada nesse mundo.





Abraços,

Fabiana

sábado, 8 de dezembro de 2012

Cada amor tem sua loucura...mas nenhuma loucura tem seu amor

Li este post do Caio Fábio e achei tão verdade, infelizmente, que resolvi compartilhar aqui...
O amor é tão simples mas ao que parece a gente não dá conta de ser simples também.
 
Abraços, Fabiana 
 
O CONVITE DA LOUCURA

A Loucura resolveu convidar os amigos para tomar um café em sua casa.
Todos os convidados foram. Após o café, a Loucura propôs:
-Vamos brincar de esconde-esconde?
- Esconde-esconde? O que é isso? - perguntou a Curiosidade.
- Esconde-esconde é uma brincadeira. Eu conto até cem e vocês se escondem.
Ao terminar de contar, eu vou procurar, e o primeiro a ser encontrado será o próximo a contar.
Todos aceitaram, menos o Medo e a Preguiça.
-1,2,3,... - a Loucura começou a contar.
A Pressa escondeu-se primeiro, num lugar qualquer. A Timidez, tímida como sempre, escondeu-se na copa de uma árvore. A Alegria correu para o meio do jardim. Já a Tristeza começou a chorar, pois não encontrava um local apropriado para se esconder. A Inveja acompanhou o Triunfo e se escondeu perto dele debaixo de uma pedra. A Loucura continuava a contar e os seus amigos iam se escondendo. O Desespero ficou desesperado ao ver que a Loucura já estava no noventa e nove.
- CEM! - gritou a Loucura. - Vou começar a procurar...
A primeira a aparecer foi a Curiosidade, já que não agüentava mais querendo saber quem seria o próximo a contar. Ao olhar para o lado, a Loucura viu a Dúvida em cima de uma cerca sem saber em qual dos lados ficar para melhor se esconder. E assim foram aparecendo a Alegria, a Tristeza, a Timidez...
Quando estavam todos reunidos, a Curiosidade perguntou: - Onde está o Amor?
Ninguém o tinha visto. A Loucura começou a procurá-lo. Procurou em cima da montanha, nos rios, debaixo das pedras e nada do Amor aparecer.
Procurando por todos os lados, a Loucura viu uma roseira, pegou um pauzinho e começou a procurar entre os galhos, quando de repente ouviu um grito. Era o Amor, gritando por ter furado o olho com um espinho. A Loucura não sabia o que fazer. Pediu desculpas, implorou pelo perdão do Amor e até prometeu segui-lo para sempre. O Amor aceitou as desculpas.
Hoje, o Amor é cego e a Loucura o acompanha sempre!
Aqui acaba a estória e começa a realidade...digo eu: Caio!
E quem não agüenta a companhia da Loucura para conhecer o Amor?
A Segurança não entrou na brincadeira, mas morreu uma velha muito séria.
Depois de um tempo já tinha gente procurando a Loucura para ver se encontrava o Amor.
O problema é que o Amor não é mais achável...nem se alguém achar a Loucura.
Como ele é cego...não procura ninguém, mas quando encontra...a Loucura não deixa ele sair.
Assim, o Amor se machuca sempre que brinca...
E aquele que o seguir pode até caminhar cego...mas não deseja outra companhia.
Loucura?
Cada amor tem sua loucura...mas nenhuma loucura tem seu amor!
Caio - 15/6/03 

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

E a Mediocridade Segue Reinando

Fazia tempo que não me vinha uma inspiração pra escrever mas, eis que hoje, foi impossível deixar de comentar o vídeo que vi.







http://www.youtube.com/watch?v=VS6XoHhqka0




Esse é o único caminho pra uma mulher, nos dias de hoje, resolver seus problemas financeiros, realizar seus sonhos? Sinceramente, faça me o favor! Boa desculpinha esfarrapada né não?

Muitas vezes me faltam palavras pra expressar o sentimento que me vem ao ver uma atitude como desta garota.

Uma boa palavra seria deprimente. Uma outra boa seria medíocre. Ainda penso numa terceira, vazia.

Não é intenção de ofender a menininha, a garotinha tolinha, apenas minha expressão de indignação com uma proposta tão medíocre.

É uma mistura de indignação com revolta porque o Ser humano tem escolhido os piores caminhos pra tentar sobreviver a este mundo. Não mede nenhuma consequência dos seus atos e como mulher me sinto agredida porque parece que nós, mulheres, somos estúpidas demais pra tratar com sabedoria sobre temas como a sexualidade.

Queria muito ver um posicionamento firme das mulheres contra estes atos imbecís que apenas nos levam ao baixo em termo de respeito próprio.

Desejo todo "não sucesso" à causa da garotinha, o que sei que é uma utopia minha.

Deus tenha compaixão de nós, povo perdido, que não sabe pra onde vai.



abraço,

Fabiana




domingo, 16 de setembro de 2012

Com a Palavra Nossa Presidente!

Queridas brasileiras e queridos brasileiros!

E assim é nosso governo!

http://www.youtube.com/watch?v=aUjOK31XxnY

Cada dia mais me pergunto se há algum candidato digno de receber meu voto de confiança pra governar o país.

Acho o discurso: Votar no menos pior horripilante!

Eu creio que nós eleitores precisamos ser mais participativos não apenas em votar, mas em dizer pra estes candidatos que não aguentamos mais suas ceninhas com criancinhas no colo.
Precisamos ser mais exigentes em não aceitar qualquer discurso elaborado só pra dizer " o que o povo quer ouvir" e assim "levar a eleição no papo".
Na verdade todos fazem muito menos do que realmente poderiam, todos prometem coisas que sabem que não vão cumprir. Vou dar meu voto a quem?  @Cansei!

Abraços,

Fabiana

quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Comer é uma Arte

A veja desta semana publicou uma matéria que achei bem bacana sobre alimentação e dietas.
Entitulada " A Vitória do Bom Senso", ela revela um estudo no qual quem deseja perder peso não precisa de dietas radicais (que geralmente são abandonadas em poucas semanas). O ideal é você comer de tudo, mas em pouca quantidade.

Uma comparação feita entre 2 pratos.

No primeiro:
01 bife grelhado grande - 130 g
04 colheres de sopa cheias de arroz - 100g
1 concha grande de feijão - 140 g
03 folhas de alface + 2 fatias de tomate ( 60g)
3 colheres de sopa cheias de batata frita ( 45g)

Total 560 calorias

No Segundo:
01 bife grelhado pequeno - 100 g
03 colheres de sopa de arroz - 75g
1 concha pequena de feijão - 100 g
03 folhas de alface + 2 fatias de tomate ( 60g)
02 colheres de sopa de batata frita ( 30g)

Total 430 calorias, ou seja, 130 calorias a menos.
Isto representa perda de 0,5 quilo em 1 semana.

* Cálculos feitos com base em um homem de 45 anos, 1,75 metro de altura, 80 quilos. O total de calorias diárias passou de 2250 para 1750 e a proporção de redução calórica foi mantida nas outras refeições.




Eu ainda tiraria do meu prato facilmente a batata frita.

Pra quem está acima do peso ou deseja manter o peso achei uma das melhores propostas, levando em conta não apenas estética mas também uma alimentação saudável que faz toda diferença no nosso dia a dia.


Abraços,
Fabiana





Imagens que Valem mais que Qualquer Palavra


quarta-feira, 12 de setembro de 2012

O Bonito de se ver!




Há lugares e vistas lindas. Dá vontade de parar, sentar e não pensar em mais nada a não ser admirar a beleza à sua frente.
Me parece que perdemos esta capacidade. Tudo é tão corrido, tão imediato, tanta coisa agendada pra fazer. Ao final me pergunto: pra que?








Eis a voz do que clama: Preparai no deserto o caminho do Senhor; endireitai no ermo uma estrada para o nosso Deus.Todo vale será levantado, e será abatido todo monte e todo outeiro; e o terreno acidentado será nivelado, e o que é escabroso, aplanado.- A glória do Senhor se revelará; e toda a carne juntamente a verá; pois a boca do Senhor o disse.” Isaías 40, 3- 5

Abraços,

Fabiana


terça-feira, 11 de setembro de 2012

Quando a Natureza Fala!

Salmos, 19:1 
"Os céus proclamam a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos."

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Senadora Marta Suplicy propõe o encerramento da Família Tradicional

 

Fala sério? Tanto problema estrutural pra se resolver neste país...desigualdade social, reforma tributária, investimento pesado em educação, melhoria da saúde e vem essa ai com esta proposta? É uma demente. Este projeto leva a que, se não for pra degradação ainda mais da sociedade em que vivemos? Pelo amor gente de Deus não vamos eleger esta criatura! Precisamos de gente mais séria no governo. A responsabilidade é minha e sua. 

Bjs, Fabiana

 

Postagem do blog:http://www.prtemistocles.com.br/site/senadora-marta-suplicy-propoe-o-encerramento-da-familia-tradicional/

 

Senadora Marta Suplicy propõe o encerramento da Família Tradicional



É essa a Proposta de Emenda à Constituição que a Senadora Marta Suplicy e a Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB estão elaborando para o nosso País.
Principais pontos:
- Acabar com a família tradicional
- Retirar os termos “pai” e “mãe” dos documentos
- Acabar com as festas tradicionais das escolas (dia dos pais, das mães) para “não constranger” os que não fazem parte da família tradicional
- A partir de14 anos, os adolescentes disporão de cirurgia de mudança de sexo custeada pelo SUS
- Cotas nos concursos públicos para homossexuais etc…
Eis o texto:
A senadora Marta Suplicy (PT-SP) elogiou a Proposta de Emenda Constitucional (PEC), elaborada pela Comissão Especial de Diversidade Sexual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), que quer ampliar privilégios a indivíduos viciados em práticas homossexuais.
O texto tem a pretensão de introduzir na Constituição todas as decisões do Supremo Tribunal Federal (STF) que favoreceram a agenda gay, inclusive a garantia de união estável para duplas homossexuais, com direito à conversão em casamento e adoção de crianças.
De acordo com a agência de notícias do Senado, “a PEC tem como um de seus principais ponto a criminalização da homofobia e estabelece a pena de dois a cindo anos de reclusão para aqueles que praticarem atos de discriminação e preconceito em virtude da orientação sexual de alguém. A mesma punição se estende aos que incitarem o ódio ou pregarem [contra a] orientação sexual ou identidade de gênero”.
Com a aprovação da PEC, a própria Constituição do Brasil se transformará num PLC 122. Mas Suplicy reconhece que a tentativa de transformar a Constituição do Brasil numa constituição “anti-homofobia” certamente enfrentará resistência de “setores como o da igreja”.
A senadora acredita que, estrategicamente, será importante aprovar primeiro o PLC 122/2006, pois sua tramitação está mais avançada, tendo já sido aprovado sorrateiramente na Câmara dos Deputados e restando apenas a votação no Senado. O segundo passo, na avaliação de Marta, é apresentar a PEC, que é uma matéria mais ampla e complexa. “A PEC é bem mais difícil de aprovar. Então, vamos começar com a homofobia e avaliar o momento adequado para fazer uma PEC com essa amplitude, que é realmente o sonho que nós gostaríamos para todo o País”, explicou a senadora à agência do Senado.
O Estatuto da Diversidade Sexual conta com 109 artigos, que alteram 132 dispositivos legais. O Estatuto criminaliza a homofobia, reconhece o direito à livre orientação sexual e iguala os direitos fundamentais entre heterossexuais e LGBTs.
Eis algumas dos “avanços” que o Estatuto da Diversidade Sexual propõe:
Legitimação da PEDOFILIA e outras anormalidades sexuais:
Título III, Art. 5º § 1º – É indevida a ingerência estatal, familiar ou social para coibir alguém de viver a plenitude de suas relações afetivas e sexuais.
Sob essa lei, a família nada poderá fazer para inibir um problema sexual nos filhos. A sociedade nada poderá fazer. E autoridades governamentais que ainda restarem com um mínimo de bom senso estarão igualmente impedidas de “interferir”.
Retirar o termo PAI E MÃE dos documentos:
Título VI, Art. 32 – Nos registros de nascimento e em todos os demais documentos identificatórios, tais como carteira de identidade, título de eleitor, passaporte, carteira de habilitação, não haverá menção às expressões “pai” e “mãe”, que devem ser substituídas por “filiação”.
Essa lei visa beneficiar diretamente os ajuntamentos homossexuais desfigurados tratados como família. Para que as crianças se acostumem com “papai e papai” ou “mamãe e mamãe”, é preciso eliminar da mente delas o normal: “papai e mamãe”.
Começar aos 14 anos os preparativos para a cirurgia de mudança de sexo aos 18 anos (pode começar com hormônios sexuais para preparar o corpo):
Título VII, Art. 37 – Havendo indicação terapêutica por equipe médica e multidisciplinar de hormonoterapia e de procedimentos complementares não-cirúrgicos, a adequação à identidade de gênero poderá iniciar-se a partir dos 14 anos de idade.
Título VII, Art. 38 – As cirurgias de redesignação sexual podem ser realizadas somente a partir dos 18 anos de idade.
Cirurgias de mudança de sexo nos hospitais particulares e no SUS:
Título VII, Art. 35 – É assegurado acesso aos procedimentos médicos, cirúrgicos e psicológicos destinados à adequação do sexo morfológico à identidade de gênero.
Parágrafo único – É garantida a realização dos procedimentos de hormonoterapia e transgenitalização particular ou pelo Sistema Único de Saúde – SUS.
Uso de banheiros e vestiários de acordo com a sua opção sexual do dia:
Título VII, Art. 45 – Em todos os espaços públicos e abertos ao público é assegurado o uso das dependências e instalações correspondentes à identidade de gênero.
Não é permitido deixar de ser homossexual com ajuda de profissionais nem por vontade própria:
Título VII, Art. 53 – É proibido o oferecimento de tratamento de reversão da orientação sexual ou identidade de gênero, bem como fazer promessas de cura.
O Kit Gay será desnecessário, pois será dever do professor sempre abordar a diversidade sexual e consequentemente estimular a prática:
Título X, Art. 60 – Os profissionais da educação têm o dever de abordar as questões de gênero e sexualidade sob a ótica da diversidade sexual, visando superar toda forma de discriminação, fazendo uso de material didático e metodologias que proponham a eliminação da homofobia e do preconceito.
Contos infantis que apresentem casais heterossexuais devem ser banidos se também não apresentarem duplas homossexuais travestidas de “casais:
Título X, Art. 61 – Os estabelecimentos de ensino devem adotar materiais didáticos que não reforcem a discriminação com base na orientação sexual ou identidade de gênero.
As escolas não podem incentivar a comemoração do Dia dos Pais e das Mães:
Título X, Art. 62 – Ao programarem atividades escolares referentes a datas comemorativas, as escolas devem atentar à multiplicidade de formações familiares, de modo a evitar qualquer constrangimento dos alunos filhos de famílias homoafetivas.
Cotas nos concursos públicos para homossexuais assim como já existem para negros no RJ, MS e PR e cotas em empresas privadas com já existe para deficientes físicos:
Título XI, Art. 73 – A administração pública assegurará igualdade de oportunidades no mercado de trabalho a travestis e transexuais, transgêneros e intersexuais, atentando ao princípio da proporcionalidade.
Parágrafo único – Serão criados mecanismos de incentivo a à adoção de medidas similares nas empresas e organizações privadas.
Casos de pedofilia homossexual irão correr em segredo de justiça:
Título XIII, Art. 80 – As demandas que tenham por objeto os direitos decorrentes da orientação sexual ou identidade de gênero devem tramitar em segredo de justiça.
Censura a piadas sobre gays:
Título XIV, Art. 93 – Os meios de comunicação não podem fazer qualquer referência de caráter preconceituoso ou discriminatório em face da orientação sexual ou identidade de gênero.
O Estatuto da Diversidade Sexual é um avanço. Isso nunca havia sido pensado em relação às questões LGBT”, reconheceu Marta Suplicy, classificando-o como de importância “inquestionável”.
O Estatuto defende que o Estado é obrigado a investir dinheiro público para homossexuais que querem caros procedimentos de reprodução assistida por meio do Sistema Único de Saúde (SUS) e também o Estado é obrigado a criar delegacias especializadas para o atendimento de denúncias por preconceito sexual contra homossexuais, atendimento privado para exames durante o alistamento militar e assegura a visita íntima em presídios para homossexuais e lésbicas.

quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Porque rir é muito bom!

Se você se sente inseguro naquilo que faz, se acha que não é bom o bastante, reveja seus conceitos...

Eu ri muito com este vídeo. Meu sobrinho de 08 anos faz algo parecido....kkkk

http://www.youtube.com/watch?v=FnmPJpNs1Zs&feature=related

Abraços,
Fabiana

terça-feira, 28 de agosto de 2012

No Circo da Política Brasileira, os Palhaços Somos Nós!

Pensando na postagem anterior e andando hoje por algumas ruas da cidade, foi inevitável o pensamento:
"Estes cartazes que lotam a cidade de candidatos sorridentes ( ressaltando que muitos não estão concorrendo a um primeiro mandato) querem dizer o que?
Que não estam rindo pra mim, estão rindo de mim!"

Eu tenho vergonha dos nossos governantes. É muito desleixo que se vê por ai. A cidade está feia, suja, mal cuidada, tem lugar que cheira mal. Não tem " porque...." que justifique.

Nas ruas lixo e buracos:




Nas calçadas: buraco, esgoto e lixo

Se uma coisa que não me anima nem um pouco é campanha política e ouvir promessas e promessas.

Abraços,
Fabiana

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

E vai montando sua casinha!

Passo sempre nesta avenida. Esta escadaria é de uma agência bancária.
Geralmentes eu via uma pessoa sentada ali...com uma sacolinha num dia, com uma sombrinha no outro.

Mas semana passada eu vi um quarto! O "morador" não estava.



Às vezes, quando vejo cenas assim, me pergunto: O que pode ser feito? Parece impossível mudar esta realidade. Mas porque?

Porque vivemos num mundo desigual, desde sempre;
Porque o governo é corrupto e não faz o seu papel;
porque o mundo é assim e não podemos abraçá-lo e resolver o "problema de todo mundo";
Porque eles é quem não querem mudar de vida...porque não vão trabalhar?;
Porque foi escolha deles, com certeza tiveram alguma oportunidade que não abraçaram;
Porque eu já tenho problema demais pra resolver....

Acho às vezes que a gente tem resposta demais pra tudo.
A gente bem que poderia inverter e não responder mais nada. Somente fazer o que precisa ser feito.

Abraços,
Fabiana



Porque Dele, por Ele e para Ele são todas as coisas!

Hoje vou publicar uma matéria da Revista Cristianismo hoje que fez uma entrevista sobre o meu trabalho. Pra mim o mais bacana dessa matéria foi me fazer recordar que Deus foi muito gracioso em me dar um trabalho que é tão gratificante. Queria estudar fisioterapia porque imagina que o melhor resultado que meu trabalho poderia ter seria ver pessoas melhorando suas vidas. Por razões que a própria razão desconhece, acabei fazendo Comércio Exterior, mas ao final meu anseio se concretizou, não como eu pensava, mas como Deus preparou. E Ele tem sempre o melhor. Abaixo tem o link da matéria completa.
Bjs,

Fabiana


Gerando renda e dignidade
A empreendedora social Fabiana Dumont apoia mais de 400 artesãs carentes

A empreendedora social Fabiana Dumont jamais pensou em trabalhar com projetos de geração de renda em comunidades carentes. “Realmente, tudo foi preparado por Deus e ele tem aberto todas as portas para a promoção da justiça social e para que estas pessoas possam ter uma vida mais digna”, garante. Ela atua criando grupos de trabalho em comunidades de extrema pobreza da Grande Recife, envolvendo principalmente mulheres. Em Aguazinha, bairro de Olinda, Fabiana apoia artesãs que antes trabalhavam no lixão da cidade. “Elas produzem peças recicladas e bijuterias que hoje são comercializadas até na Holanda”, explica. Já na comunidade das Carolinas, na vizinha Jaboatão dos Guararapes, ela ajudou a montar o grupo Esperança, cujas integrantes produzem peças em tecido, móbiles e chaveiros que também são exportados e até vendidos em lojas badaladas da região. “Além de renda para suprir necessidades da família, este trabalho representa dignidade”, pontifica Fabiana. “Algo que ouvi certa vez e nunca esqueci é que, quando investimos na formação e geração de renda para as mulheres, a vida da família como um todo melhora, porque elas investem tudo nos filhos, em uma alimentação melhor e em melhorias para suas casas”. As duas frentes de trabalho são apoiadas por igrejas de confissão anglicana, que dão suporte na utilização das instalações de seus templos para as oficinas e o estoque, ajudam na gestão da produção e abrem espaço em eventos para a venda das peças. “Atualmente, trabalhamos com cerca de 30 grupos produtivos, envolvendo mais de 400 mulheres”, informa. Mais de 1,3 mil pessoas já foram beneficiadas. Como muitas das artesãs não são crentes, o trabalho tem forte viés evangelístico. “Não nasci num lar evangélico”, revela Fabiana. “Por estranho que pareça, comecei a buscar Deus porque queria definições na minha vida, inclusive na área profissional. Mas Deus fez muito mais do que imaginei. Hoje, é um privilégio trabalhar com algo que ele plantou no meu coração. Creio que nosso trabalho tem sido um instrumento de Deus para trazer libertação da opressão causada pela pobreza extrema. Tenho convicção de que Deus me usa para proporcionar vida mais digna a essas mulheres, com a condição mínima de ter pão na mesa”.
Fabiana Dumont, 38 anos, é pós-graduada em comércio exterior e sócia da empresa Bio Fair Trade, que presta apoio aos grupos de produção formados por mulheres carentes. Ela congrega na Igreja Presbiteriana das Graças, em Recife (PE)

http://cristianismohoje.com.br/materia.php?k=872

O Povo Manda Recado.

As pessoas andam mesmo inspiradas em passar seu recado, enquanto cirulam pela cidade.





domingo, 5 de agosto de 2012

Nos Faz Bem Fazer Bem Feito!

A caixa de um supermercado hoje me fez pensar que é muito importante a gente trabalhar naquilo que gosta, naquilo que a gente ao menos tem perfil pra fazer.
O trabalho traz dignidade ao homem. É muito bom a gente ver resultado naquilo que fazemos, seja uma caixa de supermercado, um dentista, uma diarista, não importa. Todos precisamos de diversos serviços diferentes, sendo assim, todo trabalho deve ser valorizado e respeitado e quem o executa precisa se indetificar com ele.

Fiquei analisando quais habilidades, além de identificar com o que faz, uma caixa de supermercado tem que ter. Tive muito, muito tempo pra isso. Porque não entendo uma caixa gastar mais tempo para digitar 3 faturas que o cliente estava pagando do que sua colega ao lado gastou para passar 1 e meio carrinho lotado de compras.
Só pra dobrar cada fatura e rasgá-las foi um tempo impressionante. Parecia que ela tava alisando o papel. Fala sério!

A fila inteira começou a ficar irritada com a mulher, e não fui difernete. A gente quer ser compreensível, não inplicar, ser tolerante, mas tem coisa que irrita. Você até não fala nada, mas como te irrita naquele momento. Domingo no supermercado não é meu passeio preferido e ter que aguardar tanto tempo numa fila, que teria tudo pra ser rápido, te deixa menos feliz né.

Agilidade, atenção, simpatia são características mínimas no perfil desta pessoa.

O pior é que não só os clientes ficarram irritados, mas ela acabou ouvindo desaforos também. E quem está trabalhando é ela. Eu sou a favor de domingo ser tudo fechado e as pessoas terem um tempo de descanso com suas famílias e tal.
Eu saí dali e deixei lá minha irritação. Ela não. Se continuar atendendo daquela forma, provavelmente outros clientes também irão reclamar e imagino como o dia vai ser chato e cansativo pra ela. Como ela vai estar ao final do dia? como vai chegar em casa? Vai descontar em alguém? Ou ela nem liga de ouvir desaforos o dia todo?
Enfim, muitas coisas que fazemos mal  seja por preguiça, desleixo, por comodismo, porque não nos identificamos, porque "não consigo coisa melhor", por mil outros motivos podem acabar nos fazendo mal também. E ai, vale a pena? Não vale mesmo.

Ok, talvez neste momento nem todos estejamos fazendo aquilo que gostaríamos ou nos identificamos, mas ainda assim creio que podemos fazer da melhor forma e ter propósito e  foco de ir atrás de algo que além de sustento nos dá grande alegria em fazer.
Acho que isto também é válido quando pensamos em ter uma qualidade de vida satisfatória.

bjs,

Fabiana

domingo, 29 de julho de 2012

E LIVRAI-NOS DE TODO O MAL, AMÉM!

Uma cena que durou segundos ficou gravada na minha mente desde ontem. Passando por uma comunidade perto da minha casa vi uma garotinha de uns 05/06 anos brincando numa bacia cheia de água, sozinha, na calçada em frente à sua casa. Até ai, nada demais.
Entretanto ela estava sem nenhuma roupa e entrava e saía da bacia, jogando as perninhas pra cima, agachando...enfim, bricando como toda criança livre de preocupações.

Ocorre que na calçada oposta, bem de frente a ela tinha uma barraquinha com uns 04 homens bebendo (comum ficarem ali diariamente).
Eu quis descer tirá-la dali porque eu a vi numa situação tão exposta. Existe gente que adora resposta pronta e diria: " a maldade está na sua cabeça".
Mas no momento em que o Brasil ocupa o 3o. lugar em crimes de pedofilia, me pergunto se este aumento de casos é apenas por atos cometidos dentro de casa por pessoas da família que tem este tipo de distúrbio.

Creio que não. A negligência de pais que deveriam não expor seus filhos a uma situação como a que vi ontem também contribui, penso eu.
Ainda que ela não estivesse sofrendo abuso físico naquela hora, fico pensando que tipo de olhares, "brincadeiras", fantasias aqueles bêbados poderiam estar cometendo contra ela.

A ingenuidade existe sim, nela, mas naqueles homens, ainda por cima bêbados, não.
Não, não parei o carro e fui até lá. Infelizmente não tenho coragem, audácia suficiente pra " me meter" numa questão dessa com pessoas que não conheço. Penso que talvez essa " naturalidade" que as coisas hoje em dia tem tomado não são nada naturais. A gente quem tem andado às cegas e a prova está ai: números mais altos de pedofilia, assassinatos, gestação na adolescência, famílias desfeitas...e por ai vai.

Me recordo de certa vez conversando com um amigo que achava que as "normas e regras" de Deus eram pro século passado, que agora estamos em outra geração e que Deus ficou obsoleto, que não cabe mais na modernidade dos tempos. Lembro de ter dito a Ele que Deus sabia e sabe o que o homem precisa. Ele sabe quão corrupto nosso coração é e basta uma pequena oportunidade pra gente fazer o mal, achando que é o bem. É impressionante como somos sutilmente levados a concordar com mentiras, falta de ética, sem nem perceber. Não acredita? Assista alguma novela e depois analise sua postura e pensamento diante de algumas situações colocadas pelo autor. Eu já me percebi assim muitas vezes.

Mas voltando a Deus eu respondi a este amigo que pra mim os ensinos D´Ele não são apenas uma questão pra Ele impor sua vontade e pronto. Não é por capricho, nem uma queda de braço conosco. É uma questão de ensino pra direção certa, pra que nosso coração não se corrompa e que os danos que virão, e virão, não nos destruam, nos arrasem e nos levem pro fundo do poço. É um cuidado conosco pra que não sejamos consumidos por uma falsa liberdade que acreditamos ser tudo o que precisamos. Precisamos de limites pro nosso próprio bem. E Deus nós dá por amor a nós. Entender isso nos liberta da autossuficiência ( ilusória porque não somos autossuficientes).

Que Deus abençõe esta garotinha, e a todos nós.
Abraços,
Fabiana

terça-feira, 17 de julho de 2012

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Estupidez Também Impressiona!

Hoje, a BR 135 que liga Bocaiúva a Montes Claros estava  com parte da pista, próximo a Montes Claros, interditada.
Sendo assim, tínhamos que trafegar pela pista contrária.

Vários cones foram colocados no meio da rodovia e havia também vários operários com seus uniformes laranjas e bandeirinhas organizando o tráfego.

Eis que surge uma dupla de idiotas atrás de mim. Um deles inacreditavelmente abre totalmente a porta do carro, em movimento, pra jogar "boliche" na BR. A porta do carro digamos, era a bola e os cones, se transformaram em pinos.

E seguiram assim por alguns metros rindo como pefeitos idiotas. Os trabalhadores levantavam aos mãos como quem dizia: o que é isso gente?!

Fazia tempo que eu não via algo tão estúpido, idiota, praticado por dois panacas ( pra não dizer outra coisa) e pasmem, o " jogador" tinha entre 55 e 60 anos.

Eu senti mal porque além de tamanha estupidez, num trânsito que mata tanta gente achei profunda falta de respeito com aqueles trabalhadores. Pra mim é um ato que humilha o outro.

Quando vi pelo retrovisor que o jogador panaca tinha a idade que aparentava pensei: e dizem por ai que a gente amadurece com   os anos. Este aí prova que a maturidade, respeito pelo outro nem sempre vem com a idade. Demonstra quão estúpida deve ser a vida que levou e leva até hoje.
Me impressio como o ser humano pode ser tão idiota.

Lamentável e patético.

Abraços,

Fabiana

domingo, 1 de julho de 2012

O FLIPERAMA DO CAINE!


Eu assisti a esta matéria no Fantástico hoje e não sei o que é mais apaixonante: O Caine ou o que as pessoas fizeram para realizar o sonho dele.

A vida pode ser tão mais simples mas as vezes a gente complica tudo, não sei porque. A gente tem opção de escolher fazer as coisas de forma simples. A gente pode optar por fazer algo pelo outro, se importar com o outro. Este vídeo é um exemplo de como isso pode ser feito.

Não sei porque geralmente a gente escolhe complicar ou simplesmente não se importar.

Me emocionei e pensei: Deus, como o Senhor é bom! ( Porque Tudo vem de ti, tudo é Tua Graça!)


http://www.youtube.com/watch?v=i6bwT6qv1DE

Vale muito ver e viver a mensagem que ele transmite.

Abraços,

Fabiana

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Que amor é esse?

Na última terça levei um tempo pra dormir. Muitos pensamentos vindo à minha mente devido a toda emoção destes dias.

Uma coisa que veio ao meu coração foi a imagem da dor, do sofrimento visto em alguns rostos bem familiares.

Me lembro de comentar com uma amiga: O rosto dela nos revela a face da dor, o rosto da dor.
As feições da dor.

Entendi, pelo menos pra mim, que não existe maior dor do que a perda do outro, causada pela morte.
A gente pode "sofrer" por perder um membro do nosso corpo, por estar passando dificuldades financeiras, por estar passando por um longo e difícil tratamento de saúde, por estar só,...Mas a ausência, o não poder mais falar, tocar, abraçar, saber que o outro está ali e vai chegar a qualquer momento, dói, dói na alma. Dói no corpo. A dor chega mesmo a ser física.
Acho que é mais duro ainda quando isso tudo tem que ser processado rápido, sem nenhuma despedida possível, no meio de um choque de uma notícia inesperada de morte.

Daí me veio ao coração que Deus escolheu " matar" seu filho e sofrer a dor mais profunda que nós podemos sofrer, para nos  mostrar que Seu amor por nós não poupa a si mesmo de sofrer a dor mais delacerante que nos acomete.
Ele poderia ter feito de qualquer outra forma, afinal Ele É o Senhor. Ele é todo poderoso. Ele é o Senhor da história, o Criador, tudo existe por Ele para Ele e por meio D´Ele.

Este é o Senhor Deus que nos criou.  Este é o Senhor que se importa tanto conosco ao ponto de escolher sofrer nossa maior dor simplesmente pra dizer o quanto nos ama e nos quer pra Si.
Deus nos ajude a entender Seu amor e caminharmos em direção a ti, em todo tempo, em toda circustância.

abraços,
Fabiana

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Pedro (Peter)


Eu, e essa minha mania de dar apelido pra quem não tem, o chamava de Peter.
Bem verdade que ele tinha outros, mas eu gostava de chamá-lo assim.
Por um bom tempo tentei dar apoio ao trabalho que ele fazia e tivemos bons momentos juntos de reflexões, compartilhamentos, divergências, risadas, torcendo juntos pela seleção,  celebrando aniversários, conquistas da comunidade, sonhando com vidas transformadas ainda com o  pouco que conseguíamos fazer...e assim foi por um tempo.

Depois seguimos direções diferentes, mas tínhamos o mesmo ideal:  Que o evangelho de Cristo fosse a base do que nos movia a se importar com o próximo. Sabíamos que Ele é a razão de tudo.

Peter, eu sinto muito.  Eu estou muito triste com sua partida hoje. 

Sei que você está num lugar que todos  ansiamos mas a gente sofre por quem vai antes da gente porque existe uma coisa chamada saudade que a gente não aprender a lidar muito bem. Tem outra coisa difícil também: a ausência. 

Sabe por quê? Porque a gente não sabe viver só. O outro nos faz muita falta.
Você nos faz muita falta Peter. A gente vai aprender a não ter mais sua presença. Vai doer ainda um pouco mais. Mas a gente vai se alegrar pelo privilégio de ter te conhecido e saber que você foi pro Pai.
Vamos lembrar que você não foi para um lugar qualquer, mas nossa real casa. A gente sofre às vezes porque insistimos em esquecer disso.
Que você encontrou a paz que a gente tem tentado ter aqui, você está com o Pai com quem tanto desejamos estar também. Isto nos consola Peter, mesmo num dia triste como o de hoje.

Deus abençõe Dani, as crianças, Beta, Dona Dulce que eu sou fã da doçura, seu pai, irmãos e todos da família.
Eu sinto muito, eu sinto muito, muito, muito....

Abraços,
Fabiana

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Da Série: Lugares que Valem a Pena Conhecer...

...é a vez de Recife e Olinda! E este post é especial pro Kaká ( não, não é o jogador da seleção) que está planejando conhecer a cidade.

Vim, visitei e me mudei! Há mais de 10 anos morando aqui me sinto super adaptada.
Pernambuco é especial por suas belezas naturais e também pelo seu povo, muito acolhedor!
Tive muita sorte em ter amigos mais que especiais.

Além da famosa Porto de Galinhas há inúmeros outros lugares que valem a pena serem visitados.
Bem verdade que minha praia preferida é Praia dos Carneiros em Tamandaré.
Subir as ladeiras de Olinda requer fôlego mas a vista vale muito a pena. Vale também a pena comer uma tapioca na Sé. Minha preferida é de queijo, banana e leite condensado! E o que dizer do Instituto Ricardo Brennand? Belíssimo lugar.

                                                                Teatro Santa Isabel
 
O Parque da Jaqueira e seu Baobá
 

Olinda...Teus coquerais o teu sol, o teu mar...






Instituto Brennand
Praia de Boa Viagem

Praia dos Carneiros

Vista de Recife



E se você tiver fôlego, conheça a cidade pedalando por ai...vale a pena.




Abraços,
Fabiana




sábado, 2 de junho de 2012

Lugares que valem a pena conhecer!


 Seja a trabalho ou a passeio tenho conhecido muitos lugares bacanas. Resolvi postar alguns deles pra quem quiser se aventurar por ai...


Um lugar que vale muito a pena conhecer é Inhotim.
O Instituto Inhotim foi idealizado pelo empresário Bernardo Paz em meados da década de 1980. Em 1984, o local recebeu a visita do renomado paisagista Roberto Burle Marx, que apresentou algumas sugestões e colaborações para os jardins. Desde então, o projeto paisagístico cresceu e passou por várias modificações.

A propriedade particular foi se transformando com o tempo. Começava a nascer um grande espaço cultural, com a construção das primeiras edificações destinadas a receber obras de arte contemporânea. Ganhava vida também o rico acervo botânico, consolidado a partir de 2005 com o resgate e a introdução de coleções botânicas de diferentes partes do Brasil e com foco nas espécies nativas.